COLUNAS AQUAFLUX
Anti-cloro com amônia?

Periodicamente efetuamos manutenções em nossos aquários, coisa rápida e simples que depois de um tempo acaba até virando uma rotina. Efetuamos essa manutenção para regularmos a quantidade de oligoelementos, retirar agentes causadores de algas (como o fosfato e nitratos) além de sifonar fezes e resto de alimentação no fundo de nossos aquários. Seguindo os cuidados como igualar a temperatura e o pH esse hábito é muito saudável para os peixes, mas se seguido os devidos cuidados.

Alguma vez já deu na sua cabeça ver os outros parâmetros como a quantidade de amônia presente na água da TPA? Algumas pessoas já, e elas realmente se surpreenderam. Algumas vezes é encontrada uma pequena taxa de amônia nessa água - mas se for colocar água para saúde dos peixes, a água não deve ter amônia -, esse fato acaba tornando-se um enigma “de onde vem essa amônia”. Fazendo um teste da água sem o anti-cloro simplesmente não existe rastros de amônia e em quanto após a utilização do anti-cloro nós a encontramos.

- Será isso coisa de anti-cloro batizado? Não, isso é devido a um tratamento que o sistema de abastecimento faz para manter a sua água potável.

Atualmente existe uma grande preocupação de manter um nível de qualidade na água dos nossos sistemas de abastecimento, isso para evitar doenças e alguns parasitas. O que ocorre e que muitas vezes o cloro (hipoclorito de sódio) convencional não é capaz de assegurar essa garantia (geralmente no verão, onde as águas são mais quentes e há maior incidência de luz) e a alternativa mais viável é a cloramina por ela ser menos volátil e mais estável.

A amônia somente é detectada após a utilização do anti-cloro devido a uma reação que ocorre entre a cloramina e o tiossulfato de sódio (anti-cloro). Nessa reação a cloramina perde o cloro e ganha um hidrogênio, formando a amônia.

Transformação de cloramina em amônia de uma forma descomplicada:

NH2Cl + H+ → NH3 + Cl-

Desta forma o que seria utilizado para matar bactérias e algas, acaba se tornando um perigo para o nosso aquário. E é por isso que ao usar o anti-cloro, acabamos produzindo amônia.

Uma forma de amenizar a formação de amônia originada da cloramina é usar um anti-cloro que possui a capacidade de eliminar a amônia, nitritos, nitratos, metais pesados e a própria cloramina.

Abraços.


Autor: Rafael Kato (04/06/2014)
Esta coluna foi lida 1542 vezes.
Gostou desta coluna e deseja publicar em seu website, blog ou outro meio de divulgação?
Entre em contato com nossa equipe e solicite uma autorização.

O aquarismo não é uma ciência exata, portanto estamos sempre abertos a comentários, adições e alterações, fique à vontade para nos ajudar a divulgar e ampliar o hobby.

Aquaflux Aquarismo e Aquapaisagismo © 2008 / 2015
Desenvolvido pela Adivision Websolutions
Aquariumrank.com - Ranking the Top Aquarium Sites on the Internet